Tolerância nas eleições

09/10/2018

Por um mundo onde as pessoas se respeitem acima de tudo. E respeitar significa aceitar que o outro pode ter uma opinião contrária à sua. A tolerância é a força motriz de uma existência pacífica. Brigar por ideologias políticas, religião, orientação sexual, profissão ou qualquer outro tema denota falta de senso crítico. Se somos todos diferentes, por que, então, deveríamos pensar igual? É claro que as pessoas com ideologias parecidas tendem a se juntar, até mesmo para terem suas convicções fortalecidas. Mas é muito fácil estabelecer diálogo só com quem pensa como nós. Difícil mesmo é manter uma postura de respeito quando o outro não acredita naquilo que acreditamos.

 

Em tempos de eleições, tudo é guerra. Tudo é motivo para criticar, para atacar. As pessoas se esquecem que o Brasil é de todos nós e que de nada adiantará desejar o mal do outro, afinal de contas, o mal dele também será o nosso mal. Tampouco adianta tentar empurrar goela abaixo suas ideias sem nem mesmo ouvir a opinião alheia. Na verdade, conheço pouquíssimas discussões políticas que foram realmente para frente e resultaram em mudanças de opiniões. A maioria das discussões se resumem a intolerância, ódio e inflexibilidade. O que precisamos colocar na cabeça é que todos nós queremos o melhor para o país, mas que, felizmente, cada um tem uma ideia diferente do que é melhor para o Brasil.

 

Sendo assim, de nada adianta se achar superior ou cortar relações com o coleguinha que vota diferente de você. Na verdade, vivemos em uma democracia, e tudo o que sabemos é que a maioria dos votos vai eleger o representante para os próximos quatro anos. Faço somente um apelo porém: cuidado com as fake News! A cada dia que passa, fico chocada com a quantidade de compartilhamentos distorcidos da realidade.  A paixão partidária deixa muitos cegos – de todos os lados – e não nos faz perceber que, compartilhando inverdades, nosso destino pode estar sendo empurrado ladeira abaixo. Uma irresponsabilidade na internet acarreta muito mais danos do que conseguimos imaginar. Portanto, votemos consciente. Votemos naquilo que acreditamos, sem julgar a opinião do outro.

 

Facebook: Natália Ribeiro

Twitter: natiribeiro95

Compartilhe no Facebook
Compartilhe noTwitter
Please reload

Posts Em Destaque

Vândalos Fazem Pichação em Patrimônio do Parque de Águas Claras

1/10
Please reload

Posts Recentes