A Polêmica do Passe Livre Continua

22/02/2019

Desde quando houve a repercussão negativa do polêmico Projeto de Lei que prevê o fim do Passe Livre Estudantil e que virou pauta em toda mídia e redes sociais, o Governador Ibaneis Rocha (MDB) adiou o envio da proposta à Câmara Legislativa. “Eu não posso beneficiar quem tem condições de pagar”, alega o Governador sobre o assunto.

 

 Fonte: www.timesbrasilia.com.br

No dia 5 de fevereiro, terça-feira, o Governador que adotou a linha da economia, declarou estar no aguardo da opinião dos deputados distritais sobre o projeto. Com os rombos no DFtrans, a redução com o passe livre contribuirá com mais arrecadação para os cofres públicos, levando em conta que mais de 1 milhão de passageiros circulam diariamente no transporte coletivo do DF,(que acarreta quase 800 milhões de reais por conta da compensação tarifária com o Passe Livre - modalidade atual) desses, 33% não pagam nada pela tarifa. Esse montante representa o dobro da média nacional de gratuidades, que é de 15%.

 

Portanto, somente após avaliar posicionamento dos deputados, Ibaneis Rocha possivelmente introduzirá a venda do passe livre, com a modalidade de 1/3 para os estudantes do DF, e que, neste primeiro momento a medida valeria tanto para estudantes da rede pública quanto para os de colégios particulares que dispõem de uma renda familiar total inferior a três salários mínimos ou os que são favorecidos por bolsa de estudo. Os alunos da rede particular que não se condizem nesses dois critérios pagarão tarifa cheia, sem redução alguma.

 

Para combater as fraudes, pode ser que a operação do sistema de bilhetagem seja transferida para o BRB. O governador atesta que, oferece maior segurança e que a nova gestão estenderá o atendimento aos beneficiados em 156 postos de conveniência e nas agências associadas diretamente ao banco, além de um aplicativo desenvolvido para a finalidade. Mas todas essas novas propostas seguem ainda em análise, com previsão de serem concluídas na próxima semana, e não há uma previsão para o início dessa operação gerenciada pelo banco.

 

Segundo a declaração feita em suas redes sociais, o governador declarou: “O passe livre vai ser mantido para o estudante que mais precisa. Este é um compromisso de nosso governo. Enviamos projeto para a Câmara Legislativa que prevê a manutenção das passagens gratuitas para alunos da rede pública, da Universidade de Brasília (UnB), do Instituto Federal de Brasília (IFB) e da Escola Superior de Ciências da Saúde (SCS)", ainda de acordo com o governador, o estudante da rede privada que quiser ter o benefício precisará comprovar renda familiar de até quatro salários mínimos, ser bolsista ou beneficiário de programas sociais, como o Fies.

 

Já segue nosso Instagram? Segue lá e participe dos nossos sorteios e saiba tudo que acontece em Águas Claras. @aguasclarasmidia

 

Contribua para a melhoria e desenvolvimento de nossa cidade! Participe do Grupo de Águas Claras Mídia de Moradores no WhatsApp – Envie nome, endereço e telefone para: contato@aguasclarasmidia.com.br  

 

 

Sitewww.aguasclarasmidia.com.br
Facebook: www.facebook.com/aguasclarasmidia
Instagram: www.instagram.com/aguasclarasmidia
Twitterwww.twitter.com/aguasclaramidia
Youtube: www.youtube.com/aguasclarasmidia

 

Águas Claras Mídia – Sua Cidade em um Click

 

#AguasClarasMidia #AguasClaras #AguasClarasDF

Compartilhe no Facebook
Compartilhe noTwitter
Please reload

Posts Em Destaque

Caravana Coca-Cola sobre trilhos

1/10
Please reload

Posts Recentes