Amor e Liberdade

09/04/2019

Quem disse que liberdade e amor não podem andar juntos? Se sacrificarmos a liberdade em prol do amor, seremos infelizes. Mas, se sacrificarmos o amor em prol da liberdade, seremos mais infelizes ainda. A pessoa inteligente é aquela que conseguiu unir liberdade e amor, sem anulações. Amor sem liberdade morre, e liberdade sem amor não consegue ser alimentada.

 

A verdadeira sincronicidade consiste em unir liberdade e amor. Portanto, o importante é amar as coisas, as pessoas, as situações, mas sem se prender a elas, sabendo que, se são amadas de verdade, seguirão o caminho que devem seguir. Esse caminho pode ser junto a nós ou não. Mas se tivermos medo de perdê-los, significa que o amor acabou.

 

Sim, o contrário de amor não é ódio, e sim medo. Quando temos medo, já não deixamos espaço para o amor. Na realidade, a energia do amor é a mesma da do medo. Portanto, se temos medo, é porque essa energia que era amor se transformou em medo. E, se não há amor, não há sincronicidade nem liberdade.

Compartilhe no Facebook
Compartilhe noTwitter
Please reload

Posts Em Destaque

Professor é demitido após pedir redação sobre sexo para alunos de 12 anos

1/10
Please reload

Posts Recentes