Conheça Novos Roteiros para Viajar por Goiás nessas Férias

29/12/2018

Sugestões de belas viagens por cidades pouco conhecidas de Goiás.

 

O verão chegou e com ele a temporada de férias e o Goiás é um super destino para se viajar, mas não estou falando dos destinos clássicos:  Pirenópolis, Caldas Novas, Chapada dos Veadeiros, Cidade de Goiás, entre outras.

 

Para fugir do óbvio, vamos apresentar 10 achadinhos em Goiás para você se refrescar e curtir o descanso em um lugar incrível e inusitado.

 

1. Minaçu

Situada a 504km de Goiânia no norte de Goiás, bem ali na divisa com o Tocantins, Minaçu conta com aproximadamente 30 mil habitantes (senso IBGE/2018) e tem apenas 42 anos.Tem por atrativos: Praia do Sol e Cachoeiras. 

 Corredeira do Lageado

 

A Praia do Sol é uma praia artificial banhada pelo Lago de Cana Brava e é ponto de encontro de toda a cidade para refrescar nos dias mais quentes. No local contém bares, quiosques, práticas esportivas, e é claro, muita festa.

Praia do Sol

 

As Corredeiras do Lageado e a Mina Cana Brava (SAMA Minerações) que é local de extração do Amianto, também são lindo lugares para se visitar.

A Mina Cana Brava fica aproximadamente a 500km de Goiânia e o acesso é pela Rod. Bernardo Sayão/BR-153.

 

2. Baliza

Uma das menores cidades do estado, há 418km de Goiânia e há 630km de Brasília, com apenas cerca de 04 mil habitantes (População estimada pelo IBGE/2017), possui uma imensa lista de pontos turísticos históricos e naturais que vão te deixar de queixo caído.

 

Queda d'Água Rio Araguaia

 Piscina Natural

 

Os principais atrativos são: Rua da Direita, Igrejas e Capelas, Cachoeiras, Rio Araguaia e Salto do Paraguassú.

O Salto Paraguassú é uma cachoeira com queda livre de 94 metros em meio à pedras rochosas, formando um lindo arco-íris ao refletir o sol.

Salto Paraguassú

 

 

3. Niquelândia

Niquelândia, cidade com cerca de 45 mil habitantes (IBGE/2017) é o maior município de Goiás e um dos mais antigos, com aproximadamente 283 anos, fica a 300km da capital goiana. O município possui uma das maiores reservas de níquel do mundo, que foi explorada por duas grandes mineradoras e foi determinante para a criação da cidade.

Região Serra da Mesa

 Lagoa Azul

 Cachoeira Acabavidinha

 

Os principais atrativos são: Serra da Mesa, Lago Azul, cachoeiras e canyons.

Fica a 300km de Goiânia e seu acesso é pela GO-080.

 

4.Caiapônia

Se você gosta de aventura, belas paisagens e ecoturismo, essa cidade no interior de Goiás vai te surpreender! Caiapônia fica 318 km de Goiânia e 549 de Brasília, tendo como vizinha a bela Piranhas.

Santa Helena

 Santa Helena

 Cachoeira do Pantano

 

Para chegar acesse pela Rodovia dos Romeiros até Iporá-GO, depois acesso pela rodovia GO-221.

 

5. Britânia

Cidade do interior do estado de Goiás, Região Centro-Oeste do país. Sua população estimada em 2004 era de 5.583 habitantes. Lugar incrível e perfeito para quem busca sossego e paz.

Mirante

 Lago dos Tigres

 

Os principais atrativos são: Rio Araguaia, a 30 km da sede do município; Lago dos Tigres, maior lago natural da América do Sul, com 37 km de extensão; Rio Vermelho; Monumento do Cristo Redentor, construído às margens do Lago dos Tigres.

Como chegar: De carro ou ônibus, pela GO – 070. Saindo de Goiânia são 316 Km e saindo de Brasília são 437 Km.

 

6. Vila Propício

Vila Propício começou com a chegada de Joaquim Propício de Pina à região, no início dos anos 50. Como outras famílias, o pioneiro foi atraído pelas boas terras do lugar. Fica a 200 km de Brasília e 200 km de Goiânia.

Lagoa Azul

 

Um destino para quem é apaixonado por turismo na natureza, nessa cidade está o segundo maior complexo de cavernas da região Centro-Oeste do país. Para se ter uma ideia da dimensão, são mais de 50 grutas e cavernas que oferecem aos visitantes muita beleza e possibilidades de relaxamento.

Sem placas indicativas, estradas ou mesmo trilhas que levem até a maioria delas, apenas seis têm a visitação recomendável, com um guia da região e equipamentos básicos, como bota e lanterna.

Os principais atrativos são: Ecoturismo, grutas, lagos e cavernas.

A Caverna Samambaia tem salões iluminados por luz natural, vinda de brechas abertas no teto de pedra, a Caverna da Samambaia leva esse nome porque, graças à luz e à umidade, tornou-se um viveiro natural de samambaias.

Como chegar: Acesso via BR-153, BR-060, GO-080 e GO-338.

 

7. Chapadão do Céu

A apenas 26km do Portão Bandeira, Chapadão do Céu é a cidade mais próxima do Parque Nacional das Emas. Por lá, além de visitar as belezas do Parque e não perder o fenômeno da bioluminescência, vale conhecer os saltos do Rio Sucuriú e fazer flutuação, boia-cross, canoagem e rafting nas corredeiras do Rio Formoso, que possui até uma prainha com areia branca na margem.

Rio Formoso

 

Tem por principais atrativos: Rio Sucuriú, Rio Formoso, Parque Nacional das Emas.

Chapadão do Céu é o principal portal de entrada para a maior área preservada do bioma cerrado em todo o planeta: O Parque Nacional das Emas, com uma riquíssima variedade de flores, plantas, animais, e centenas de pássaros, além de paisagens belíssimas.

Bioluminescência