Divisão Inexata

20/03/2018

Além do assassinato brutal, covarde e absurdo contra a ativista carioca Marielle o que mais me chama atenção são as reações intolerantes e odiosas de um Brasil mergulhado na escuridão, no passado, na truculência. E quando comento minha opinião recebo igualmente mensagens ofensivas de pessoas que ainda acreditam que os lados direita e esquerda são, cada qual no seu quadrado, a solução para o país.


Queridos, em uma situação de caos total que estamos vivendo, não há direita e esquerda que se sustentem. Não há regra ou lei que conserte essa bagunça maluca que o Brasil está virando. Somos um país onde o mais fraco, o mais pobre, a minoria está morrendo enquanto busca um lugar ao sol. Todos precisamos de sol. Todos precisamos de vitamina D para sobreviver. E enquanto houver quem acredite nessa teoria louca de que um é melhor do que o outro, que a minha religião é melhor do que a sua, que a cor da minha pele me coloca acima da cor da sua pele, que meu cabelo liso é mais bonito que o seu cabelo cacheado, que o que eu faço na cama define meu caráter, que meritocracia é a solução para vagabundo vencer na vida, vamos continuar vendo cenas de violência todos os dias.


Quem disse que o Cristianismo é a verdade absoluta mentiu. Você já parou para pensar que se tivesse nascido na Ásia muito provavelmente seria Budista ? Ou se tivesse nascido no Oriente Médio estaria defendendo Alá com unhas e dentes ? Porque brigar pela bíblia se ela nem é levada a sério em muitos lugares do mundo ? Multidões não dão a menor bola para o que Jesus Cristo fez ou deixou de fazer. Então porque brigar para transformar em certeza os dogmas da sua religião como a verdade suprema do universo sideral ?
E o que seu vizinho faz na cama te interessa mesmo ? Se seu amigo gosta de beijar homem ou mulher o problema não é nem nunca será seu. Posso garantir para você que a opção sexual de uma pessoa está longe de definir seu caráter. É só digitar "pedofilia" no Google e o número de "homens de bem" envolvidos vai te assustar.


Agora uma coisa é certa e temos a obrigação de estar atentos: enquanto houver no poder público pessoas que defendem ideias em nome da religião, da família tradicional e da porrada como solução de todos os problemas, a violência social e física vai aumentar. Se há algum grupo político no poder (ou grupos interessados no poder) que acreditam que armar a população e enlatar os pensamentos vai resolver nossas vidas, sinto muito , mas não vai. Não é possível aceitar ser liderado por seres que desrespeitam a liberdade alheia de existir e pensar, desrespeitam a igualdade entre os sexos e acreditam que o país precisa de rédea curta para entrar nos eixos, lamento informar, mas essa turma não tem capacidade intelectual para gerir um país com tanta diversidade cultural como o nosso. Não tem.


E se você,  enquanto lê esse texto, em algum momento ficou com a pulga atras da orelha e ainda acha que um tapinha na bunda do Brasil não dói, te convido a responder (pode ser internamente mesmo, mas não vale mentir) algumas perguntas : honestamente falando e não precisa contar para ninguém, mas quantos livros inteiros você leu nos últimos anos ? Quantos filmes você viu este ano? (não vale filmão de super herói americano). Nem vou perguntar quantas peças de teatro e  visitas a museus. Não me venha com a resposta pronta dizendo que o país precisa de comida na mesa e cultura não enche barriga. Minha resposta é rápida: enche sim. A longo prazo, para seus filhos e netos, vai fazer uma diferença enorme. Os países mais desenvolvidos e ricos do mundo são os que mais investem em cultura. Procura lá no Google também. Então, enquanto não podemos mudar o agora, que tal começar a mudar nossa cabeça e plantar novas sementes às gerações que nos ouvem ? 


Não custa nada ouvir uma opinião diferente uma vez ou outra, nem que seja para discordar ou para abrir uma janela para um pensamento novo. Não acredite em rótulos prontos nem aceite que outra pessoa te imponha uma posição que é dela. Se mostre capaz de opinar, discutir, argumentar mas sempre com algum embasamento. E se ao final das contas a ideia do outro for melhor que a sua, tudo bem também. É assim que a gente aprende e cresce.

 

Mas lembre sempre disso : o que é certo para você pode ser muito errado para mim. E vice versa. E eu não quero morrer nem que te matem por causa dessa diferença. 

 

Sugestão de filme "A Onda", filme alemão para começar sua lista de bons filmes que vão te fazer pensar.

 

 

 

Compartilhe no Facebook
Compartilhe noTwitter
Please reload

Posts Em Destaque

Vândalos Fazem Pichação em Patrimônio do Parque de Águas Claras

1/10
Please reload

Posts Recentes