Duas Mortes Por Parada Cardíacas No DF Em Menos De 48 Horas Essa Semana

05/07/2019

 

Duas mortes levantam uma discussão antiga sobre episódios de morte ligadas a atividades físicas, a necessidade de exames médicos a fim de que sejam detectados problemas de saúde para a realização de exercícios.

 

Foto: drcristianomiranda.com.br

 

 

Mais de 90% dos casos de morte súbita ligadas à prática de atividades físicas têm a ver com problemas cardíacos, algumas dessas doenças se manifestam apenas durante a prática de atividades físicas de moderada a alta intensidade. “Geralmente, a pessoa nunca apresentou nenhum problema, mas pode ser durante uma corrida simples que o coração pode acelerar. Esse rompante pode ser tanto positivo quanto negativo. No primeiro caso, não é necessário fazer nada. No segundo, se não tratar, a pessoa pode ter uma parada cardíaca e morrer. Por isso, é importante fazer um check-up antes de iniciar qualquer modalidade”, explica Natália Aarão, médica cardiologista, membro do corpo clínico dos hospitais Sírio-Libanês e Albert Einstein.

 

Em Brasília foram duas mortes em menos de 24 horas. Na tarde da última terça-feira (2/7), um ciclista de 38 anos morreu após uma parada cardiorrespiratória quando pedalava no Parque da Cidade. Rafael Ribeiro Guimarães caiu da bicicleta em um ponto do parque próximo ao Departamento de Polícia Especializada (DPE), de acordo com o Corpo de Bombeiros. Um médico que passava na hora viu e fez os primeiros atendimentos. Ele também acionou o Corpo de Bombeiros.

 

Na manhã de quarta-feira (3/7), Júnior Juvenal da Silva de 29 anos morreu após sofrer parada cardiorrespiratória durante treino de judô. Junior que ao se sentir mal chegou a sair do tatame, caiu no corredor da academia. Os bombeiros tentaram fazer reanimação por 42 minutos, mas não houve resposta e o homem veio a óbito.

 

Atualmente, as academias não são mais obrigadas por lei a exigir um atestado de saúde do aluno, o que deveria ser uma exigência. Com isso ao se matricular, basta que o aluno responda um questionário sobre sua condição física, isso em grande parte do país. As questões ficam em geral sobre problemas cardiológicos. Caso o indivíduo responda positivamente a alguma pergunta, como se tem dor no peito ou falta de ar, ele é orientado a procurar um médico apenas. Varia de acordo com a legislação da localidade da cidade ou Estado em que o estabelecimento se encontra.

 

Contudo, antes de iniciar uma atividade física é preciso consultar um médico, principalmente se houver fatores de risco associados, como a hipertensão ou o diabetes. A atividade física deve ser preferencialmente supervisionada por educador físico, o profissional apto a definir intensidade, duração e o tipo de exercício físico, tornando-o mais eficiente e seguro. Mas nos casos em que não for viável o acompanhamento desse profissional, a atividade física não deve ser evitada, mas realizada de acordo com a recomendação médica. 

 

Já segue nosso Instagram? Segue lá e participe dos nossos sorteios e saiba tudo que acontece em Águas Claras. @aguasclarasmidia

 

Contribua para a melhoria e desenvolvimento de nossa cidade! Participe do Grupo de Águas Claras Mídia de Moradores no WhatsApp – Envie nome, endereço e telefone para: contato@aguasclarasmidia.com.br  

 

 

Sitewww.aguasclarasmidia.com.br
Facebook: www.facebook.com/aguasclarasmidia
Instagram: www.instagram.com/aguasclarasmidia
Twitterwww.twitter.com/aguasclaramidia
Youtube: www.youtube.com/aguasclarasmidia

 

Águas Claras Mídia – Sua Cidade em um Click

 

AguasClarasMidia #AguasClaras #AguasClarasDF

Compartilhe no Facebook
Compartilhe noTwitter
Please reload

Posts Em Destaque