Mãe de Entregador Assassinado em Águas Claras se Emociona no Sepultamento

21/10/2019

 

Comoção e descrença marcaram a despedida do entregador Rodrigo Souza Borges, 25 anos, que deixou um misto de revolta e o desejo de mais segurança. Durante o sepultamento do jovem que ocorreu neste sábado (18/10) no Cemitério Campo da Esperança na Asa Sul, familiares e amigos ainda não acreditavam morte precoce do rapaz, que se foi em ação heroica ao tentar conter um assaltante em Águas Claras.

 

"Ele era meu único filho, a ficha ainda não caiu", disse a mãe do entregador, Waneide Maria de Souza, 46 anos. Segundo informações dela, a família planeja fazer uma passeata reivindicando mais segurança para os entregadores de aplicativo. “É para ver se essa violência diminui”, explicou. Para a mãe do estudante de educação física, e o restante da população, a cidade de Águas Claras está cada vez mais perigosa.

 

No enterro, entregadores de aplicativo, amigos de trabalho de Rodrigo, compareceram de bicicletas e com os trajes de trabalho. Na mochila de um deles, estava escrito a palavra "luto" com fitas pretas.

 

"Queremos mais segurança, mas não podemos parar. Não tem outro jeito, tem que trabalhar", disse um colega que preferiu não se identificar.

Lembrança

 

A vizinha de Rodrigo, Fátima Galian, 66, conta que “Era um menino muito bom e muito alegre. Sempre me chamava de tia”. O estudante de educação física sonhava em se formar e trabalhar com crianças com Transtorno do Espectro Autista (TEA). A moradora de Águas Claras declarou ainda a disposição em ajudar os outros que Rodrigo sempre apresentava. “Por isso ele tentou ajudar no dia (do ocorrido). Ele era assim”, acrescentou.

 

A alegria de Rodrigo também foi lembrada no cortejo. No caminho, a avó, com quem Rodrigo morava, e amigos contaram histórias da infância que arrancaram risos de quem acompanhava o trajeto.

 

No momento do enterro, as palavras da avó Maria Wanda, 68, causou comoção nos presentes, “Não sabia que você era tão querido. Você ensinou todos esses jovens a serem felizes e alegres”. Guerreiro, herói e companheiro foram algumas das palavras de força ditas por quem esteve presente no sepultamento.

 

Gostava tanto de você, de Tim Maia, e palmas em homenagem ao jovem que será lembrado como exemplo de força, marcou o adeus final.

 

ATO HEROICO

Trabalhador e dedicado, assim era Rodrigo segundo a família. Na última quarta-feira (16/10), ele, juntamente com outro entregador, tentou impedir um homem de evadir após assaltar uma farmácia em Águas Claras. Os jovens entraram em luta corporal com o assaltante, que acabou atingindo Rodrigo na fuga com uma faca.

 

Os estudantes chegaram a serem levados para o Hospital de Base, já que o outro entregador também foi atingido, mas não corre riscos, mas Rodrigo não resistiu aos ferimentos. O ladrão foi perseguido e agredido por quem estava perto do local. A Polícia Militar foi acionada e realizou a prisão em flagrante. Por conta dos ferimentos, o assaltante chegou ir para o Hospital de Base, mas depois foi encaminhado para a 21ª Delegacia de Polícia (Taguatinga Sul), onde foi preso. Ele responderá pelos crimes de homicídio, tentativa de homicídio e roubo.

 

 

 

 

Fonte> Folha de Agu

 

Já segue nosso Instagram? Segue lá e participe dos nossos sorteios e saiba tudo que acontece em Águas Claras. @aguasclarasmidia

 

Contribua para a melhoria e desenvolvimento de nossa cidade! Participe do Grupo de Águas Claras Mídia de Moradores no WhatsApp – Envie nome, endereço e telefone para: contato@aguasclarasmidia.com.br  

 

 

Sitewww.aguasclarasmidia.com.br
Facebook: www.facebook.com/aguasclarasmidia
Instagram: www.instagram.com/aguasclarasmidia
Twitterwww.twitter.com/aguasclaramidia
Youtube: www.youtube.com/aguasclarasmidia

 

Águas Claras Mídia – Sua Cidade em um Click

 

AguasClarasMidia #AguasClaras #AguasClarasDF

Compartilhe no Facebook
Compartilhe noTwitter
Please reload

Posts Em Destaque

Professor é demitido após pedir redação sobre sexo para alunos de 12 anos

1/10