Sábias Ajudas

07/03/2018

Difícil mesmo é reconhecer que não estamos usando nosso potencial por inteiro. É como aquela história do pobre homem que ganhava a vida com um violino antigo. Com sons pouco harmoniosos, ele tirava uns trocados no meio da rua. Mas, assim que veio um famoso compositor e afinou o violino do rapaz, os sons tornaram-se belíssimos. As melodias fluíam, e todos que passavam por ele paravam para ouvi-lo tocar. Em nossas vidas, às vezes, o que verdadeiramente precisamos é só de um compositor para afinar nossos violinos, para, portanto, conseguirmos dar o nosso máximo em tudo. Atingir nosso potencial completo é um desafio que depende só de nós, mas, venhamos e convenhamos, é ótimo quando temos uma ajudinha, não é mesmo?

 

Vivo falando a todos que cruzam meu caminho que nosso progresso só depende de nós mesmos, que o caminho da felicidade vem de dentro e que jamais podemos procurar plenitude em outras pessoas. Isso tudo é verdade. No entanto, às vezes Deus coloca pessoas em nossas vidas que nos ajudarão a sermos a melhor versão de nós mesmos. Isso acontece porque, na correria do dia a dia, não percebemos nossos defeitos. É como um artista que desenha nossa caricatura e destaca nossos piores ângulos. Ficamos bravos e não o entendemos, enquanto os nossos amigos riem e concordam com o desenhista. Isso acontece porque eles nos enxergam de uma diferente perspectiva, conseguindo, portanto, ver o que poderia ser melhor em nós.

 

Aceitar conselhos de amigos e familiares pode ser uma ótima escolha, principalmente se esses conselhos não vierem de forma bruta e mandatória. Quem quer realmente nosso bem sempre coloca-nos para cima, com dicas sutis e jamais ordens. Essas pessoas não nos criticam, tampouco são gurus. São apenas enviados que precisam ser percebidos como tais por nós. Eles são figuras dóceis, que sabem nos “dar uma dura” quando preciso – de maneira delicada – e que nos deixam livres para acharmos o caminho sozinhos. Portanto, reflitamos sobre quem tomamos como “mestres” em nossas vidas. Podemos ter verdadeiros impulsionadores ou verdadeiros  desanimadores. A escolha, como sempre, é nossa.

 

Instagram: @nataliaribeiro

Facebook: Natália Ribeiro

Twitter: natiribeiro95

 

 

Compartilhe no Facebook
Compartilhe noTwitter
Please reload

Posts Em Destaque

Mudou! - Evento irá discutir a relação entre marcas e influenciadores digitais

1/10
Please reload

Posts Recentes