Três Filmes De Terror Revisados Pra Você!

14/09/2018

Seguem três críticas curtas de três filmes de terror, cada um pertencente a um sub-gênero diferente.

 

1) A bruxa de Blair (The Blair Witch Project, 1999)

 

Direção: Daniel Myrick & Eduardo Sanchez

Elenco: Heather Donahue, Michael Williams, Joshua Leonard

 

Em 1994, três estudantes decidiram fazer um documentário sobre a lenda da bruxa da floresta de Burkisttville, ou a bruxa de Blair. Porém, nunca mais ouviu-se falar dos três. Um ano depois, as imagens de arquivo foram encontradas, e exibidas para o público.

 

O significado deste longa para o cinema do horror é imenso. Se não for considerar ‘’Cannibal holocaust’’, de 1980, este é o primeiro found-footage da história do cinema, onde as imagens exibidas na tela geram dúvida quanto a veracidade dos fatos. O fator da subjetividade é fortemente empregada aqui, e sensações de claustrofobia, medo, desconfiança e nictofobia, tudo isso é jogado no espectador de forma que este sinta-se na trama. Além disso, os aspectos técnicos fazem jus ao seu estilo – a câmera tremida, a estética barata, equipamentos simplistas - coisa que foi desbaratizada ao longo do tempo, com as seguintes produções feitas, sendo o caso mesmo de sua continuação não desejada, ‘’The Blair Witch’’, de 2016. NOTA: 9.0

 

2) Malditos tubarões (Dam, sharks!, 2016)

 

Direção: Jon Kondelik & James Kondelik

Elenco: Kabby Borders, Matt Mercer, Robert Craighead, Jessica Blackmore, Paige Lauren Billiot

 

Um grupo de executivos vai para uma região isolada perto de um lago para realizarem uma série de jogos competitivos, porém, mal sabem que a região é local de caça de um enorme grupo de tubarões que está ainda construindo uma barreira com partes de corpos humanos.

 

Este filme é mais uma prova do fator principal que deve ser analisado numa produção: o fator de entretenimento. Tudo aqui é bastante ruim, mas ainda assim o público consegue se divertir. Roteiro completamente falho, com piadas prontas e ruins, sequencias ilógicas, personagens sem carisma, visuais forçadamente computadorizados – atenção para os tubarões graficamente mal feitos. Porém, é possível se interessar pela história, no sentido de querer saber o final disto tudo. Como foi dito, os personagens não tem carisma, logo, o público não torce por eles, e sim, esperam até que coisas trágicas ocorram com estes, simplesmente pelo fator de diversão. NOTA: 5.0

 

 

 

3) O segredo da cabana (Cabin in the woods, 2011)

 

 

Direção: Drew Goddard

 

Elenco: Chris Hemsworth, Kristen Connolly, Anna Hutchison

 

Cinco amigos vão passar um tempo numa casa isolada de sua cidade, porém, mal sabem a maldição que percorre pelo local e os problemas que terão.

 

Inicialmente, farei uma observação sobre o tom do filme: há vários toques de comédia, tanto em diálogos quanto na direção de algumas cenas, do que o horror mesmo, mas ainda assim, ele é predominante. Os personagens são pouco carismáticos, e não conquistam o público devidamente, com exceção da personagem de Kristen Connolly, que no início do segundo ato, torna-se a heroína do filme. O longa transmite diversas dúvidas em relação ao que se está vendo na tela, ou até sobre o que se trata a história como um todo. Vale uma sessão a tarde com os amigos, mas, com certeza, não faria parte de uma essencial maratona de filmes de terror. NOTA: 7,0

 

 

Contribua para a melhoria e desenvolvimento de nossa cidade! Participe do Grupo de Águas Claras Mídia de Moradores no WhatsApp – Envie nome, endereço e telefone para: contato@aguasclarasmidia.com.br   

 

Sitewww.aguasclarasmidia.com.br
Facebookwww.facebook.com/aguasclarasmidia
Instagramwww.instagram.com/aguasclarasmidia
Twitterwww.twitter.com/aguasclaramidia
Youtubewww.youtube.com/aguasclarasmidia

 

Águas Claras Mídia – Sua Cidade em um Click

 

#AguasClarasMidia #AguasClaras #AguasClarasDF

Compartilhe no Facebook
Compartilhe noTwitter
Please reload

Posts Em Destaque