Vá Com Tudo!

04/04/2018

Vira e mexe, consulto um texto que achei na internet um dia sobre os problemas de saúde e suas causas emocionais. Consulto-o sempre, pois os problemas de saúde mudam. Um dia é uma dorzinha de cabeça, no outro, um intestino preso. Eu paro o que estou fazendo e dedico esse tempo para mim, para mergulhar no fundo do meu ser e tentar me entender ao máximo. Por incrível que pareça, tudo casa tão direitinho. Todos os problemas físicos têm, sim, causas emocionais. Vou escrevendo tudo o que preciso aprender, vou tentando me reenergizar positivamente e mudar alguns padrões para que minhas dores sumam. 

 

Faço isso porque acredito na minha força interior. Acredito que eu sou a responsável por mudar minha realidade. Vira e mexe vejo gente tentando buscar ajuda em todos os cantos, no desespero de curar uma ferida da alma ou até mesmo um mal físico. Não é que seja proibido buscar ajuda com quem tanto sabe, mas, se nós não mudarmos nosso interior, nada vai funcionar. Tudo será paliativo, desde uma missa de cura ou um passe até uma cirurgia com os aparelhos mais tecnológicos. Pílulas não nos fazem refletir. 

 

O caminho do autoconhecimento não tem fim. Isso porque, além de ser muito complexo, ele também nos faz mudar. E, mudando, só nos resta estudar ainda mais para tentar nos entender. As pessoas sabem disso e, talvez justamente por isso, não queiram mergulhar dentro delas mesmas. O trabalho é árduo, toma tempo e nem sempre dá os resultados esperados. Às vezes, reconhecer um defeito requer mudança de hábitos, de companhias e até mesmo de emprego, cidade, alimentação. Nem todos estão preparados para isso.

 

Mas, se você é uma dessas pessoas que, assim como eu, cogitou a vida inteira se conhecer profundamente e, finalmente, entrou nesse caminho sem volta, não desista nas primeiras falhas. Não se culpe por não dedicar tanto tempo a si mesmo como seria necessário. Às vezes, o caminho do autoconhecimento exige que você tome esses tombos para depois vir com tudo na descoberta da sua verdadeira essência. Só não se esqueça de uma coisa durante todos os minutos de sua vida: você é feliz. Independentemente de caminho de autoconhecimento ou não. A grande diferença é que, quando você começar a realmente se conhecer, vai deixar de lado tudo aquilo que não agrega na sua felicidade e vai focar ainda mais no que realmente importa. Boa sorte!

 

Instagram: @nataliaribeiro

Facebook: Natália Ribeiro

Twitter: natiribeiro9

Compartilhe no Facebook
Compartilhe noTwitter
Please reload

Posts Em Destaque

Vândalos Fazem Pichação em Patrimônio do Parque de Águas Claras

1/10
Please reload

Posts Recentes